"EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA" JESUS

"... a sabialidade não está naquilo que se faz, está naquilo que você sente em fazer." Dr. Claudionor de Carvalho

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

NÃO DESISTAS DE AMAR

Ama e segue.
Ama e passa.
Ama e sobe à ALTURA do melhor que há em ti.
Ama, não te detenhas!
Mesmo que existam noites 
onde a tua paz oscile
entre a luz e a negrura...
Mesmo que tenhas muito errado,
mesmo que o mais seja barato
diante do ouro que há em ti...
Mesmo que te sintas nada agora,
que tua vergonha seja a oferenda para o Bem...
Ama e segue!
Ama e avança para a LUZ que há além.

Catarina

Psicografia - Solineide 


Livro da Existência - Núcleo Espírita Meditação e Caridade

MARCO MAIURI no programa Dimensões - apresentação Rosana Ben

Jornada

Fui átomo, vibrando entre as forças do Espaço,
Devorando amplidões, em longa e ansiosa espera...
Partícula, pousei... Encarcerado, eu era
Infusório do mar em montões de sargaço.

Por séculos fui planta em movimento escasso,
Sofri no inverno rude e amei na primavera;
Depois, fui animal, e no instinto da fera
Achei a inteligência e avancei passo a passo...

Guardei por muito tempo a expressão dos gorilas,
Pondo mais fé nas mãos e mais luz nas pupilas,
A lutar e chorar para, então, compreendê-las!...

Agora, homem que sou, pelo Foro Divino,
Vivo de corpo em corpo a forjar o destino
Que me leve a transpor o clarão das estrelas!...



Adelino da Fontoura Chaves - Psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Evangelho e Autocura - Sebastião Camargo

ESTUDA E SEMEIA O AMOR

Não te surpreendas o tumulto da atualidade. Nem todas as coisas aconteceram como deveriam, o Pai Maior poupa-te a todo o momento de dores e ardores.
Não dissemine a má notícia. Nada do que ouça que não seja bom, leve ao irmão, que, ao te encontrar, muitas vezes, deseja apenas contar sobre o passar tranquilo de uma manhã de trabalho, ou, sobre a tribulação sentimental de alguma contenda que, àquela hora, já se resolveu.
Não multipliques as más notícias. Ora, silencia e trabalha em prol do Bem. Estuda e semeia o amor em toda oportunidade, mesmo que em conflito encontre-se teu próprio coração.
Esquece-te de ti, assim, verás a luz fecunda da paz e da vitória acender sobre ti e sobre teus irmãos.

Alaor
(espírito)


Psicografia - Solineide

AMA



Ama até aprender.
Ama que vai curar.
Ama sempre,
ama mais...
Não se canse de amar.
Para o alto é o amor.
Para o alto te leva.
Não duvides:
na pressa,
tu te esqueces de amar...
Não te furtes da paz
que este amigo te dá:
Ama!
Ama!
AMA...
E não acamarás...



Dr. Claudionor


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SITE PARA ESTUDO

ÓTIMA OPÇÃO DE LEITURA E ESTUDO.


Meditando – espaço dedicado à divulgação da Doutrina Espírita Cristã – www.blogmeditando.com




ERRO E REABILITAÇÃO




Junho 1, 2012 in Divaldo Franco, Joanna de Ângelis, Mensagens, Paz, Pelo espírito. 


A lei do progresso, fomentando as inevitáveis conquistas do processo da evolução do homem e das comunidades, confirma a assertiva do Cristo, quando elucida que “o Pai não deseja a morte do pecador, mas, sim, a do pecado”.

A herança ancestral, procedente das experiências primevas por onde transita o princípio espiritual, se demora, em mecanismo atávico, jugulando o ser aos hábitos infelizes, que lhe constituem a natureza animal, inferior. À força da educação e sob o império das necessidades de superar os sofrimentos e deles liberar-se em definitivo, somente assim galga os degraus do aperfeiçoamento moral, modificando o meio ambiente e as estruturas em que se apóia, gerando condições novas propiciatórias do próprio desenvolvimento. 

A cultura e as artes, as ciências e a tecnologia vêm em seu apoio, promovendo os valores de que se utiliza e através dos quais conquista os títulos de enobrecimento e de paz. Certamente, ainda não se vive, na Terra, uma sociedade justa, onde a miséria de vário porte haja cedido lugar à abundância, ou vigorem os direitos humanos. 
Igualmente, medeiam ainda muitos males, desde as contínuas ondas de violência promotora de guerras, como infortúnios que resultem da desatenção e desrespeito, aos superiores Códigos de equilíbrio que regem a vida. 

Sem embargo, muitos barbarismos que eram habituais e legislações vazadas na impiedade e na vingança vão cedendo lugar a conceitos mais compatíveis com os fenômenos psicológicos, sociais e econômicos que evitam os crimes. Já se pode sentir o esforço quase generalizado de povos e nações que estabelecem leis de respeito mútuo como Organizações que propugnam por uma humanidade mais feliz, na qual os seus direitos sejam reconhecidos, assim como os seus deveres sejam cumpridos. 

De passo em passo, de experiência em experiência, o progresso moral firma as suas bases, abrindo campo para tentames mais expressivos, portanto, relevantes. 

Combate o erro, onde quer que o encontres; no entanto, enseja ao errado a lição educativa. Insurge-te em atitude contrária ao crime; não obstante, corrige o criminoso. 

Opõe-te à violência; mas, acalma o violento. Reage ao mal de qualquer procedência; entretanto, não te esqueças de socorrer os maus com a tua bondade. Arrebenta as algemas da ignorância onde se manifeste; todavia, esclarece a vítima necessitada. Arranca a máscara da hipocrisia onde quer que se apresente; porém, socorre aquele que lhe padece a sanha. 

Acusar por acusar ou perseguir por perseguir não resolve o problema que inquieta as criaturas. 

O cristão, em geral, e o espírita, em particular, faz mais: ajuda o caído, ao tempo em que invectiva contra os fatores e circunstâncias responsáveis pela sua queda. Ninguém combate as pragas de uma seara, a fim de condená-la ao abandono. Não é justo apontar enfermidades sem cuidar dos doentes em aflição. A atitude correta diante do mal é a prevalência do bem, assim como deve ser o comportamento do crítico, do acusador: a do amparo total e indiscriminado ao equivocado, ao infeliz. Jesus, que não concordava com o erro em situação nenhuma, jamais deixou de educar, atender, socorrer e amparar os que haviam tombado nas malhas intrincadas da delinqüência. 

Vigilante e operoso, todo o Seu ministério é um poema de compreensão e fraternidade com os miseráveis, sem que jamais se vinculasse à miséria. E o fazia, porque o Pai deseja a salvação do ímpio, ao mesmo tempo em que a impiedade deixe de existir no homem. 

Joanna de Ângelis. Psicografia de Divaldo Franco.
Do site Caminhos de Luz.

O Despertar da Consciência "Do Átomo ao Anjo" (14/05/2013) bl...

O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA - Pensamentos, enfermidades e a terapeutica espírita - Sebastião Camargo



Ontem (23-10-2013), o Centro Espírita Claudionor de Carvalho, teve o prazer de receber Sebastião Camargo, lançando seu livro O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA

Foi uma experiência MARAVILHOSA, onde os presentes ouviram MUITAS mensagens de AMOR e SABEDORIA. O caro irmão abraçou as consciências dos ouvintes, através de uma palestra INUNDADA de PAZ E VERDADES fundamentais.

Ainda mais, Sebastião Camargo lembrou que todos são individualmente responsáveis por suas curas e doenças, por isso, não se pode mais deterem-se da direção da progressão espiritual pessoal.

O LIVRO PODE SER ENCONTRADO NA LIVRARIA DO CECC.

O momento musical foi um presente de Emerson Mozart, que está prestes a lançar um novo CD. 


sábado, 19 de outubro de 2013

PALÔ - Teatro no CECC


Queridos Irmãos, 

O Centro Espírita Claudionor de Carvalho convida a todos para assistirem a Peça Teatral: PALÔ em prol da construção da sala de Dr. Claudionor e de um ambulatório. 

Segue em anexo o cartaz para que possam divulgar. 

Data: 09/11/2013 Horário: 19:00H 

Investimento: $15,00 

Endereço: Av. José Monstans - Nº858 - Bairro: Santo Antonio - Itabuna/BA Contato: (73)3617-3001 - 8804-8207 


Que o Mestre Jesus abençoe a todos. Atenciosamente, Equipe CECC

domingo, 13 de outubro de 2013

EVANGELIZAÇÃO IRMÃ SHEILLA: COM JESUS, DIA DAS CRIANÇAS É TODO DIA!


Lucas 18,15-17:

Traziam-lhe até mesmo as cirancinhas para que as tocasse; vendo isso, os discípulos as reprovavam. Jesus, porém chamou-as dizendo: 
"deixai as criancinhas virem a mim e não as impeçais, pois delas é o Reino de Deus. Em verdade vos digo, aquele que não receber o Reino de Deus como uma criancinha, não entrará nele".



A Evangelização infanto-juvenil Irmã Sheilla e JEDA estiveram juntas neste sábado 
(12-10-2013) para comemorarem o Dia das Crianças.

Foi uma tarde cheia de brincadeiras orquestradas por Andréia Rocha, evangelizadora e nossa  "Dinamics of the Irmã Sheila". (rs) Gracinha à parte, Andréia Rocha tornou-se nossa Animadora oficial. A querida evangelizadora deu conta do recado e animou os pequenos e os grandes, sem deixá-los parados um só momento.
Fernanda (Auxiliar de Animação - empossada no mesmo sábado), Cristina, Rozane, Manuela e Juliana (todas elas evangelizadoras) estiveram o tempo inteiro dando suporte no setor de embrulho das lembrancinhas e distribuição destas.
Taiane, nossa boleira de plantão (Responsável pelo JEDA) e Andérson (seu Assistente) estavam na cozinha, fomentando o amor em forma de pão.
Agradecidos então, encerramos a festa com uma linda prece em forma de poesia de Amália Rodrigues, declamada pela irmã Andréia.

"De alguém que lhe estenda a mão, mesmo que seja o amor de um cão, pois é triste viver na solidão! Mas se não tiver ninguém para amar, um teto para me acolher, uma cama para me deitar... Mesmo assim, não reclamarei, nem blasfemarei.  Simplesmente direi:

Obrigada Senhor, porque nasci.
Obrigada Senhor, porque creio em Ti!
Pelo Teu amor, obrigada Senhor!"

A ANIMADORA PARTICULAR DA EVANGELIZAÇÃO INFANTO-JUVENIL IRMÃ SHEILLA:
Andréia Rocha. Chegou cheia de alegria para dar conta da festa de amor!





 


Onde abre? Onde fecha? (kkkk)

O que é isso? Um net? Um avião? (kkk)

Solineide e Fernanda (super Auxiliares de Tecnologia...)
 














 

Jesus ama você!




Andréia Rocha, apresentando-se (como se precisasse...)

Alegria de verdade só com Jesus!

Fernanda tentando a sorte para uma possível carreira de modelo. (rs)



Andréia dançando com a música lindamente cantada por nossa estrelinha!

Cantando para Jesus!


Fernanda e Andréia: as duas também viraram crianças!

 
Andréia Rocha: um sucesso de ANIMADORA!

JEDA 


Taiane e Andérson - Bolo de alegria!

Cantando para Jesus!

Bolo de amor e alegria!

Na fila do Iêpo!

Fernanda, Andréia Rocha, Manuela Rocha, Taiane e Solineide (e as estrelas da festa ao lado e ao fundo)

MÁGOA


Síndrome alarmante, de desequilibro, a presença da mágoa faculta a fixação de graves enfermidades físicas e psíquicas no organismo de quem a agasalha. A mágoa pode ser comparada à ferrugem perniciosa que destrói o metal em que se origina. 

Normalmente se instala nos redutos do amor-próprio ferido e paulatinamente se desdobra em seguro processo enfermiço, que termina por vitimar o hospedeiro. De fácil combate, no início, pode ser expulsa mediante a oração singela e nobre, possuindo, todavia, o recurso de, em habitando os tecidos delicados do sentimento, desdobrar-se em modalidades várias, para sorrateiramente apossar-se de todos os departamentos da emotividade, engendrando cânceres morais irreversíveis. Ao seu lado, instala-se, quase sempre, a aversão, que estimulam o ódio, etapa grave do processo destrutivo. 

A mágoa, não obstante desgovernar aquele que a vitaliza, emite verdadeiros dardos morbíficos que atingem outras vítimas incautas, aquelas que se fizeram as causadoras conscientes ou não do seu nascimento. Borra sórdida, entorpece os canais por onde transita a esperança, impedindo-lhe o ministério consolador. Hábil, disfarça-se, utilizando-se de argumentos bem urdidos para negar-se ao perdão ou fugir ao dever do esquecimento. 

Muitas distonias orgânicas são o resultado do veneno da mágoa, que, gerando altas cargas tóxicas sobre a maquinaria mental, produz desequilíbrio no mecanismo psíquico com lamentáveis consequências nos aparelhos circulatório, digestivo, nervoso... O homem é, sem dúvida, o que vitaliza pelo pensamento. Sua idéias, suas aspirações constituem o campo vibratório no qual transita e em cujas fontes se nutre. Estiolando os ideais e espalhando infundadas suspeitas, a mágoa consegue isolar o ressentido, impossibilitando a cooperação dos socorros externos, procedentes de outras pessoas. Caça implacavelmente esses agentes inferiores, que conspiram contra a tua paz. 

O teu ofensor merece tua compaixão, nunca o teu revide. Aquele que te persegue sofre desequilibro que ignoras e não é justo que te afundes, com ele, no fosso da sua animosidade. Seja qual for a dificuldade que te impulsione à mágoa, reage, mediante a renovação de propósitos, não valorizando ofensas nem considerando ofensores. Através do cultivo de pensamentos salutares, pairarás acima das viciações mentais que agasalham esses miasmas mortíferos que, infelizmente, se alastram pela Terra de hoje, pestilenciais, danosos, aniquiladores. 

Incontáveis problemas que culminam em tragédias quotidianas são decorrência da mágoa, que virulenta se firmou, gerando o nefando comércio do sofrimento desnecessário. Se já registras a modulação da fé raciocinada nos programas da renovação interior, apura aspirações e não te aflijas. Instado às paisagens inferiores, ascende na direção do bem. Malsinado pela incompreensão, desculpa. 

Ferido nos melhores brios, perdoa. Se meditares na transitoriedade do mal e na perenidade do bem, não terás outra opção, além daquela: amar e amar sempre, impedindo que a mágoa estabeleça nas fronteiras da tua vida as balizas da sua província infeliz. "Quando estiveres orando, se tiverdes alguma coisa contra alguém, perdoai-lhe, para que vosso Pai que está nos Céus, vos perdoe as vossas ofensas". 

Marcos: 11-25. "Não sou feliz! A felicidade não foi feita para mim! exclama geralmente o homem em todas as posições sociais. Isto, meus caros filhos, prova melhor do que todos os raciocínios possíveis, a verdade desta máxima do Eclesiastes: "A felicidade não é deste mundo". 

ESE Cap.V - Item 20. Autor: Joanna de Ângelis: Psicografia de Divaldo Franco.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

MENSAGEM AOS TRABALHADORES DE JESUS

Precisamos caminhar todos abraçados num só sentimento e num só pensamento para que possamos proporcionar aos nossos irmãos: a Ciência, a Filosofia e a Religião. Lembremos que Jesus nos convida a falar sobre quem é meu pai, quem é minha mãe, quem é meu irmão. 
E se nos unirmos nessa engrenagem (e isso é Filosofia e é Religião) a cada um será dado aquilo que precisa ser dado e que está apto a receber. Devemos raciocinar. Devemos levar aos nossos irmãos pequeninos, o esclarecimento. 
Preciso que criemos esta amorosidade por todos eles. Para que eles sintam em cada um de nós, não um pai; mas um irmão, que pode falar o que sente, dizer das suas dores e dos seus tormentos. 
Para isso é preciso que estejam preparados para dar o antídoto, a medicação necessária, para trazer o alento, a cura e a esperança de um mundo melhor. 

(...) Peço a Deus e ao Menino Jesus de Nazaré que esteja sempre neste trabalho, nesta Casa, a Tua vontade e nunca a nossa." 

Claudionor de Carvalho 

Uma ótima semana a todos! 

Família CECC (73)3617-3001

Palestra Espírita - Jacob Melo - A Cura da Depressão pelo Magnetismo

José Medrado - Palestra: "Cansaço da própria vida" (23.08.2011)

LEMBRA-TE


EM TODAS AS OCASIÕES EM QUE O DESÂNIMO TE ABATER AS RESISTÊNCIAS:

LEMBRA-TE DOS QUE CAMINHAM NA SOLIDÃO REAL EM MEIO AOS DEJETOS DA CIDADE, OU QUE BUSCAM ALIMENTOS FRIOS E PUTREFATOS NAS LATAS DE LIXO E QUE MUITAS VEZES ESTÃO DOENTES SEM SEQUER RECEBEREM UMA VISITA A DAR-LHES BOM ÂNIMO OU RESTAURAR-LHES OS MOVIMENTOS.

LEMBRA-TE DA FRAGILIDADE INFANTIL DIANTE DO MUNDO MUITAS VEZES DURO E ÁSPERO NA FIGURA DA CRIANÇA RENEGADA AO ABANDONO.

LEMBRA-TE DOS QUE OLHAM DAS JANELAS DAS CASAS DE SAÚDE AGUARDANDO UMA RÉSTIA DE ESPERANÇA E QUE LUTAM PARA RESTABELECEREM A VITALIDADE ORGÂNICA.

LEMBRA-TE DOS VELHINHOS ABANDONADOS NO ALVORECER DA JORNADA TERRENA, COM AS FORÇAS COMBALIDAS E SEM ALGUÉM PARA LEVAR-LHES UMA XÍCARA DE CALDO RECONFORTANTE OU AGASALHAR-SE-LHES OS PÉS NAS NOITES FRIAS.

LEMBRA-TE DOS QUE ESTÃO COM A PROLE EM GRANDE DIFICULDADE COM FOME E DOENTES E NÃO USUFRUEM DE AUXILIO OU PROVENTOS PARA A SEGURANÇA MÍNIMA DA MATÉRIA.

LEMBRA-TE DO QUANTO ÉS FELIZ, LEMBRA-TE.

NATANAEL
  

(Mensagem recebida em 09/03/10- médium-Marco Antonio Maiuri/ Núcleo Espírita Meditação e Caridade)

José Medrado - Identificando Tristezas, Angústias e Depressões

José Medrado - Palestra: "Tristeza adoece" (14.02.2012)

Obsessão - estudo espírita

DIZES-TE

Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Religião dos Espíritos. Lição nº 13.
Página 39. Reunião pública de 23/02/1959.

Dizes-te pobre; entretanto, milionários de todas as procedências dar-te-iam larga fortuna por ínfima parte do tesouro de tua fé.
Dizes-te desorientado; contudo, legiões de companheiros, cujo passo a cegueira física entenebrece, comprar-te-iam por alta recompensa leve migalha da visão que te favorece, para contemplarem pequena faixa da natureza.
Dizes-te impedido de praticar o bem; todavia, multidões de pessoas algemadas aos catres da enfermidade oferecer-te-iam bolsas repletas por insignificante recurso da locomoção com que te deslocas, de maneira a se exercitarem no auxilio aos outros.
Dizes-te desanimado; sem te recordares, porém, de que vastas fileiras de mutilados estariam dispostos a adquirir, com a mais elevada quota de ouro, a riqueza de teus pés e a bênção de teus braços.
Dizes-te em provação; mas olvidas que, na triste enxovia dos manicômios, inúmeros sofredores cederiam quanto possuem para que lhes desses um pouco de equilíbrio e de lucidez.
Dizes-te impossibilitado de ajudar com a luz da palavra; no entanto, mudos incontáveis fariam sacrifícios ingentes para deter algum recurso do verbo claro que te vibra na boca. Dizes-te desamparado; entretanto, milhões de criaturas dariam tudo o que lhes define a posse na vida para usar um corpo harmônico qual o teu, a fim de socorrerem os filhos da expiação e do sofrimento. Por quem és, não lavres certidão de incapacidade contra ti mesmo.

Lembra-te de que um sorriso de confiança, uma prece de ternura, uma frase de bom ânimo, um gesto de solidariedade e um minuto de paz não têm preço na Terra.
Antes de censurar o irmão que traz consigo a prova esfogueante das grandes propriedades, sai de ti mesmo e auxilia o próximo que, muita vez, espera simplesmente uma palavra de entendimento e de reconforto, para transferir-se da treva à luz.

E, então, perceberás que a beneficência é o cofre que devolve patrimônios temporariamente guardados a distância das necessidades alheias, e que a caridade, lídima e pura, é amor sempre vivo, a fluir, incessante do amor de Deus.

sábado, 5 de outubro de 2013

PEDIDO

Quero deitar no Teu colo,
Extrair minha vaidade...
Prende minh’alma Senhor
Nas asas da Liberdade...

Quero lavar os Teus pés
E enxugar Teus cabelos.
Enche meu corpo Senhor
Do vazio que abastece...

Quero ser uma criança
Agarrar-me em Tuas vestes.
Senhor leva-me no colo
Conta-me histórias em prece.

Não se zangue com meus medos
Teimas, erros indeléveis...
E não me deixes Senhor
No monturo dos agrestes...

Dá-me meu Irmão o Teu sorriso!
Quero a visão do paraíso que sou.
Faça-me de mim o que preciso
Para espalhar Teu Paraíso de Amor.

AUTOR ESPIRITUAL 

Psicografia Solineide  (4 DE outubro de 2013)

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

APRENDA A AMAR

Aprenda a amar e parte para a estrada.
A vida não refugia quem se demora,
é necessário entender a mensagem.
Aprenda a amar e vai. Floresce!
Ergue teus andares interiores
rumo à amplidão da salvação de ti mesmo.
Agarra-te ao Bem e rompe a estrada:

Altamiro de Almeida
18:37
18-03-2013


CRISTO VIVE


Cristo vive quando a vida se refaz
na bondade e na esperança e na paz.
Cristo vive quando o abraço é capaz
de acender a chama da vida e da beleza.
Cristo vive na esperança do esquecido,
na mão amável de um amigo para outro amigo.
Cristo vive toda vez que te decides
a empenhar a tua vida a amparar outras.

Dr. Claudionor de Carvalho

12-03-2013

ROTINA DO BEM

Tira um tempo do teu tempo:
separa bem as tarefas
Arruma tua morada!

Entrega-te feliz à festa
de receber mais trabalho.

Organiza teu relógio
Conforme as necessidades
de teu espírito.

Catarina 
Psicografia - Solineide




"... a sabialidade não está naquilo que se faz, está naquilo que você sente em fazer." Dr. Claudionor de Carvalho